Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

No meu Palato

No meu Palato

As Tourigas da Discórdia tinto 2019 | O Yin Yang do vale vínico

"Geralmente são nossos opostos aqueles que nos complementam melhor, porque são eles os únicos que nos podem equilibrar.”  Rachel Hollis

As Tourigas da Discórdia tinto 2019Leva no nome a palavra "Discórdia", mas revela uma complementaridade admirável. O novo tinto da Herdade Vale d´Évora é um blend das castas Touriga Nacional e Touriga Franca, muito comum no Douro, mas raro no Alentejo. As terras de Mértola têm surpreendido pela originalidade dos seus vinhos. Com história, as vinhas deste lugar do Baixo Alentejo, esquecidas durante a campanha cerealífera do século passado, recuperam novo fôlego e fazem nascer vinhos com garra e identidade muito própria.

As Tourigas da Discórdia tinto 2019O novo tinto As Tourigas da Discórdia 2019 (15.00 €, 87 pts.) é disso exemplo, um vinho que exalta uma combinação inusitada no Alentejo, a apresentação em duo das castas Touriga Nacional e Touriga Franca colhidas na Herdade Vale d’Évora e com estágio por casta individual em barricas de carvalho francês. De cor rubi grená cristalina, exibe no nariz frutos silvestres, resina, sous-bois e violetas. No palato é fresco (pede salivantemente comida!!!!), longo e muito equilibrado. 

As Tourigas da Discórdia tinto 2019A apadrinhar a sua apresentação estiveram mais dois vinhos. Falo-vos primeiro do Discórdia Reserva Tinto 2018 (19.00 €, 89 pts.) produzido a partir das castas Touriga Nacional, Alicante Bouschet, Touriga Franca e Syrah e com um estágio de 18 meses em barricas de carvalho francês de 300 litros. De porte rubi denso, passeia-se sobranceiramente com aromas a violetas, frutos silvestres, azeitona, pimentão, cacau e uns ligeiros fumados que lhe assentam muito bem. 

As Tourigas da Discórdia tinto 2019Por sua vez, o Syrah da Discórdia 2019  (19.00 €, 88 pts.), é um vinho que já vai na sua terceira edição (sempre com muita procura e que entretanto já esgotou ;)) e que estagia em barricas grandes para preservar a fruta (frutos silvestres, cereja e ameixa), com notas complementares de caruma e um toque ligeiro de pimenta preta. Na boca é muito elegante, rico, estruturado e cheio de fruta madura. Percebe-se claramente o porquê de esgotar rapidamente.

As Tourigas da Discórdia tinto 2019Como já vos contei, todos os vinhos Discórdia têm origem na vinha de 10 hectares plantada na Herdade Vale d’ Évora, uma propriedade de 550 hectares integrada no Parque Natural do Vale do Guadiana, beneficiando de uma paisagem marcada por terrenos de ondulação generosa, vegetação autóctone e o rio Guadiana que a serpenteia. O Alentejo dá a estes vinhos fruta madura, concentração e estrutura, enquanto que o rio Guadiana lhe transmite aquela acidez e elegância que por vezes limita os "puro-sangue" alentejanos. É esta complementaridade, quer na prova, quer na escolha das castas para os lotes, que, para mim, melhor define os elegantes vinhos da Herdade Vale d’ Évora.