Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

No meu Palato

No meu Palato

Crowne Plaza Porto | A insustentável leveza daquilo que somos

"Descobri que o mais alto grau de paz interior decorre da prática do amor e da compaixão. Quanto mais nos importamos com a felicidade de nossos semelhantes, maior o nosso próprio bem-estar. Ao cultivarmos um sentimento profundo e carinhoso pelos outros, passamos automaticamente para um estado de serenidade absoluta. Esta é a principal fonte da felicidade.” Lhamo Thondup, 14º Dalai-lama

Crown Plaza PortoComo já perceberam, ou deveriam ter percebido (;)) roubei parte do título desta publicação a Milan Kundera, autor do magnífico romance A Insustentável Leveza do Ser. Foi publicado pela primeira vez em 1984 em traduções para as línguas inglesa e francesa. Em 1985, o trabalho é lançado no original checo, sendo então proibido na Checoslováquia até 1989. O livro narra a vida de quatro personagens, explorando os temas filosóficos da leveza e do peso.

Crown Plaza PortoÉ uma viagem pela vida, história e filosofia, com reflexões profundas sobre as escolhas que fazemos ao longo da nossa existência. Termina com uma conclusão estranha: Todos nós temos necessidade de ser olhados.  E é a maneira como queremos ser olhados, que nos incluí numa de quatro categorias. 

Crown Plaza PortoA primeira procura uma multidão de olhares anónimos, o olhar do público. São as estrelas, de que são exemplo o cantor alemão, a estrela americana ou os jornalistas. Fazem parte do segundo conjunto aqueles que precisam incessantemente do olhar da cara-metade. A sua condição é tão frágil quanto a das pessoas do primeiro grupo. Se os olhos de quem amam se fecham, a sala que é a sua vida,  fica, para sempre,  mergulhada na escuridão.

Crown Plaza PortoHá uma terceira categoria, bem mais rara, que são aqueles que necessitam de viver sob os olhares imaginários de seres ausentes. Os sonhadores. Provavelmente são os mais felizes, porque o olhar desses seres queridos e ausentes, só "desaparecem", quando voltamos a estar com eles, do outro lado da vida. O quarto grupo, podia acertadamente reunir-se no Crowne Plaza Porto, mas dessa "gente" ... falamos um pouco mais à frente ;)

Crown Plaza PortoDepois da visita de várias personalidades do primeiro grupo que vos falei, entre os quais se destacam os Reis da Suécia, a Princesa Diana, o Príncipe Carlos, Bob Dylan, The Rolling Stones e Lisa Minelli; e de ter sido o hotel oficial da UEFA durante os dois meses do Euro 2004, achamos que estavam garantidas as condições de, também nós, conhecermos o Crowne Plaza Porto ;) A minha agente, Bia de seu nome, aproveitou ainda, atarefadíssima, para agendar as próximas visitas do blogue  :)

Crown Plaza PortoA unidade hoteleira de cinco estrelas situada na emblemática Avenida da Boavista tem apostado na renovação de várias áreas, pretendendo afirmar-se como um dos melhores destinos da cidade, simultaneamente nos segmentos de lazer/lifestyle e empresarial. Para tal conta com 232 quartos de luxo, entre os quais 29 Quartos Club, 53 Quartos Superiores e 42 Suites, ginásio, Club Lounge, Welness Lounge, o SOMOS Restaurant, All Day Dinning, 11 salas de reuniões devidamente equipadas para eventos e um programa Sleep Advantage® que nos fez dormir aos 3 como passarinhos. 

Crowne Plaza PortoPara além do restaurante cosmopolita, com um ambiente confortável e moderno, o SOMOS, integra ainda um Lounge, o espaço perfeito para saborearmos uma refeição ligeira, tomarmos um copo relaxado ao final da tarde, assistirmos a jogos com amigos ou para começarmos uma noite animada ao som de boa música e com um delicioso cocktail na mão.

Crown Plaza Porto

Além de tudo isto, aos domingos, entre 12h30 e as 15h00, é dia de Brunch no SOMOS. O “Brunch à vista na Boavista” oferece mais de 40 sugestões para saborearmos num ambiente confortável e acolhedor. Assume-se como o momento ideal para relaxarmos e recarregarmos baterias para o início de uma nova semana. Esta refeição tem o preço por pessoa de 24€ (crianças até aos 2 anos – grátis, crianças dos 3 aos 10 anos – 10€).

Crown Plaza PortoA gastronomia aqui servida tem como base a cozinha mediterrânea e privilegia a autenticidade dos produtos nacionais, desde os peixes e mariscos frescos da nossa costa, aos enchidos tradicionais, passando pelas carnes suculentas e de qualidade superior das raças portuguesas.

Crown Plaza PortoOs legumes e as frutas provêm directamente da horta urbana do restaurante, de acordo com as estações do ano. A carta é variada e resulta da criatividade do chef Jorge Sousa. Nas bebidas, é dada projecção ao vinho do Porto, aos cocktails e a uma diversidade de gins, whiskeys e cervejas, existindo ainda várias e deliciosas opções de bebidas sem álcool.

Crown Plaza PortoVoltando ao Brunch, nos frios destacamos a voluptuosidade da morcela de burgos com rúcula e frutos vermelhos, da intensidade do rosbife de pato com laranja e da cremosidade da quiche Lorraine.

Crown Plaza PortoNo que diz respeito aos quentes, realçamos a frescura e riqueza aromática do lombo de corvina com moluscos e puré de batata, o jogo de sabores, texturas, densidades e intensidade promovido pelos ovos Benedict e o conforto gastronómico dos mini-hamburgers de novilho com pickles, bacon, confit de cebola e queijo flamengoCrown Plaza PortoA Bia especializou-se na critica gastronómica (sim, aqui todos trabalham ;)) aos ovos mexidos, estes do SOMOS levaram a nota máxima, que nas palavras dela se traduz em: "quero mais e depressa" :) Nas sobremesas salientamos a finesse da Viennoiserie, a simplicidade saborosa da mousse de chocolate negro, a acidez do cheesecake americano e a alma aristrocata da croquembouche.  Um doce tipicamente francês que consiste numa montagem em forma de cone ou árvore, constituída por profiteroles recheados e cobertos com fios crocantes de caramelo. 

Crown Plaza PortoFalta então falar-vos do último grupo de Milan Kundera. Daqueles que não conseguem viver, a não ser sob um número infinito de olhos familiares. Amigos e família. São os obstinados organizadores de jantares, convívios e festarolas. Os palhaçinhos ;) Estes são mais felizes do que os do primeiro grupo uma vez que, quando estes perdem o público, imaginam que as luzes se apagaram para sempre na sala da sua vida. Infelizmente, é o que, mais dia menos dia, acontece a todos. E nesta fase podemos sempre transitar para o grupo três, o dos sonhadores ;)

Crown Plaza PortoMas como tristezas (ainda) não pagam dívidas e enquanto as luzes não se apagam, aquilo que somos, ou queremos ser, não pode ser demasiado pesado. Há que cultivar, diariamente, a insustentável leveza e simplicidade das relações que mantemos com aqueles que amámos.  E para isso, nada melhor que partilhar sabores, sonhos, conversas, gargalhadas, e de sermos felizes com a felicidade dos nossos semelhantes à volta de uma mesa, numa manhã descomplicada e solarenga, no brunch do Crowne Plaza Porto. 

 

Só é pena que a insustentável leveza não se reflicta depois ... na balança :)

 

Até um dia destes Sofia ;)

3 comentários

Comentar post