Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

No meu Palato

No meu Palato

Quinta da Gricha Porto Vintage 2019 | O tempo perguntou ao vinho quanto tempo o vinho tem

"Momentos de tensão antecedem a harmonia. Acreditem que o melhor ... está ainda para vir." Irlei Hammes WieselGricha Vintage 2019Não arrisco muito ao dizer que todos nós já ouvimos a lengalenga que inspirou o trocadilho com que baptizei esta publicação (O tempo perguntou ao tempo quanto tempo o tempo tem!!! O tempo respondeu ao tempo que o tempo tem tanto tempo quanto tempo o tempo tem..). É uma frase, em forma de trava-línguas, que nos remete para temáticas relacionadas com o tempo e nos leva a tentar conceber uma ponte mental entre o "onde nos encontramos no presente" e o "onde estaremos no futuro"...

Gricha Vintage 2019Esta relação entre presente e futuro, tem vindo a ser muito discutida no mundo vínico devido ao novo perfil de vinhos do Porto Vintage e que surgiu nos últimos 10 anos (mais coisa, menos coisa). Até 2011, os Porto Vintage eram vinhos exclusivamente pensados para envelhecerem nas garrafeiras e apenas eram abertos em ocasiões especiais, quando já tivessem uns valentes anos em cima. De 2012 para cá, começaram a surgir Porto Vintage que (aproveitando a melhoria evidente das aguardentes usadas na sua vinificação) se tornaram mais elegantes, mais apelativos, mais "prontos" a beber enquanto jovens. 

Gricha Vintage 2019A estalada tânica que os tornava uns monstros austeros quase imbebíveis desapareceu, dando também origem a um novo tipo de consumidor, menos paciente, e que pode desfrutar desses Porto Vintage mal estes sejam lançados para o mercado. Tudo isto não invalida que a capacidade de envelhecimento (relacionada com o açúcar, os taninos, a graduação alcoólica e a acidez) também possa estar garantida (há coisas que só mesmo o tempo pode responder). Assim, este novo perfil, procurar assegurar o melhor de dois mundos separados pelo tempo, na mesma garrafa.

Quinta da Gricha Porto Vintage 2019Um dos bons exemplos desta capacidade bivalente é o Churchill’s Quinta da Gricha Vintage Port 2019 (65€, 92 pts.), que no copo traja um rubi escuro denso, quase opaco. No nariz exibe notas de mirtilo, ameixa seca, esteva, cravinho e pimenta preta. No palato é muito fresco, mostrando uma acidez aguerrida, uns taninos tensos e muita delicadeza. Gricha Vintage 2019Ainda no palato, é um vinho que nos provoca certos momentos de tensão que o tornam muito interessante desde já, mas que também lhe fazem antever um envelhecimento harmonioso. Acompanhou muito bem um Cheesecake de ameixa

Deixo no entanto a ressalva de continuar a achar que continua a haver espaço, mercado e tempo para os monstros austeros do passado ... e que já me deram muitas alegrias ;)