Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

No meu Palato

No meu Palato

Soalheiro Rosé 2021 | Um dueto chamado complementaridade

"O outro é uma complementaridade que nos torna a nós maiores, mais inteiros, mais autênticos. Essa é a minha própria vivência." José Saramago

Soalheiro Rosé 2021Delicado e seco, o novo Soalheiro Mineral Rosé nasce como mais um rasgo de inovação do Soalheiro, a primeira marca de Alvarinho em Melgaço. A sua singularidade está tanto na combinação inusitada da casta rainha da sub-região, o Alvarinho, com uma casta internacional, o Pinot Noir, como no seu perfil seco, mineral e de teor alcoólico moderado, sem a doçura intensa muitas vezes associada aos rosés.

Soalheiro Rosé 2021Inspirado no estilo de rosé originário no Sul de França, o Soalheiro Mineral Rosé 2021, que agora chega ao mercado, reflecte as características únicas de dois territórios da região dos Vinhos Verdes: a intensidade aromática característica do Alvarinho em Monção e Melgaço, aliada a uma marcante mineralidade, resultado, por um lado, da selecção de uvas Alvarinho (70%) provenientes de vinhas de altitude e solos granítico, e por outro, do Pinot Noir (30%), produzido junto à costa atlântica, que lhe confere uma frescura surpreendente e um perfil diferenciado.

Soalheiro Rosé 2021O Alvarinho provém de vinhas de altitude em Monção e Melgaço, abrigadas da influência atlântica. O Pinot Noir é proveniente de vinhas localizadas na parte atlântica da região do Minho. O vinho deve a sua intensa mineralidade aos solos de granito, mas também à forma surpreendente como o Pinot Noir se adaptou à influência atlântica, trazendo uma notável frescura.

Soalheiro Rosé 2021A casta Pinot Noir é vindimada em Agosto, mais cedo do que o Alvarinho, que apenas é vindimado em Setembro. Assim, a vinificação do Soalheiro Mineral Rosé divide-se em três fases. A primeira é a prensagem e fermentação das uvas da casta Pinot Noir. Nesta fase, estas uvas tintas são prensadas, tal como acontece com a vinificação própria de uvas brancas, imediatamente após a vindima.

Soalheiro Rosé 2021

A segunda fase é a prensagem e fermentação das uvas da casta Alvarinho, provenientes das vinhas de altitude. A terceira fase consiste na mistura do mosto fermentado das uvas da casta Pinot Noir com o mosto fermentado das uvas da casta Alvarinho. Consegue-se assim, obter um vinho simultaneamente aromático e fresco, com carácter mineral e de sabor intenso. De seguida, este lote estagia em inox durante pelo menos 6 meses em contacto com as borras.

Soalheiro Rosé 2021Tudo isto levou a um Soalheiro Rosé 2021 (12.00 €, 86 pts.) rosa-tijolo claro e cristalino, com notas de morangos, cereja vermelha, maça verde e lima. Na boca cumpre aquilo que prometia, é seco, fresco (acidez alta), elegante (corpo leve), pedregoso (pedra molhada) alegre e muito equilibrado.  Este é daqueles que pede, salivantemente, por comida!!! ;)