Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

No meu Palato

No meu Palato

Lavradores de Feitoria | Seriamente descontraídos

22.12.23 | pedro | comentar
"A primeira qualidade do estilo é a clareza." Aristótles Do Douro para o mercado nacional e internacional, a Lavradores de Feitorialançou no início do Verão a colheita de 2022 do seu branco e rosé com nome homólogo. Uma dupla de vinhos leves, frutados, frescos, (...)

AdegaMãe Bio 2021 | O vinho que brota da terra

17.11.23 | pedro | comentar
“Cada novo conhecimento importante que se faz, decompõe-nos e volta a compor-nos. Se esse conhecimento for da maior importância, passamos por uma regeneração.” Hugo von Hofmannsthal A AdegaMãelançou no mercado o seu primeiro vinho produzido a partir de (...)

Tintos Casa Ferreirinha | Um brinde a uma saia

13.05.23 | pedro | comentar
"O Douro visto daquele píncaro é o Paraíso prometido em todas as lições de catequese. É grandiosamente belo! As montanhas entrelaçam-se, magníficas, para, de repente, se escancararem em vales matizados com toda a paleta de verdes e castanhos que Deus inventou." (...)

Pôpa Vinho Doce tinto 2019 | Simplicidade e Bom Senso

28.04.23 | pedro | comentar
"Que ninguém se engane, só se consegue a simplicidade através de muito trabalho." Clarice Lispector O Pôpa Vinho Doce tinto, agora na colheita de 2019, é um tinto especial... Resulta de uma apanha manual nos socalcos do Alto Douro Vinhateiro, em Adorigo, Tabuaço, (...)

Três Bagos Reserva tinto 2019 | Entre o leão e o cisne

21.04.23 | pedro | comentar
"O pensamento pode ter elevação sem ter elegância, e, na proporção em que não tiver elegância, perderá a acção sobre os outros. A força sem a destreza é uma simples massa." Fernando Pessoa A Lavradores de Feitoria deu as boas-vindas a 2023 com a nova colheita de (...)

Barão do Hospital | O código mineral

11.04.23 | pedro | comentar
“As datas, e só elas, dão verdadeira consistência à vida e à sorte. Um bem que nos veio no dia 17 de Agosto, que era uma quarta-feira, fica alumiando a nossa alma com uma claridade muito diferente do bem que nos sucedesse, incertamente, no tempo, sem dia e sem data.” E (...)